Amor descartável?

Sinto medo do amor
Do amor que é descartável
Daquele que um dia diz que ama
Mas no outro diz que odeia
E, no final, se descarta

"Ama e joga fora
Ama e rapidamente parte pra outra
Ama e esquece
Ama e despreza
Ama e desama
Amanhã nada faz mais sentido e... cadê o amor?
Fugiu, escondeu, evaporou, sublimou
Amor nos anos atuais parece que virou amor descartável: diante de qualquer problema, adeus."

É preciso ter paciência com o amor
Mais paciência ainda com o outro que ainda não se libertou e sente dor
Porque trata-se de um ser humano, uma pessoa com sentimentos fortes
Que não é descartável
E por mais que hoje aborrece, já foi seu AMOR
Talvez, seu maior amor...
 
 

2 ajudaram a juntar palavras:

tossan disse...

Ogni città canterà
E, infine, tornando
Il tempo del tempo di pace fa
Il tempo di riflessione
Quando era meno ambizioso
E il cuore valeva molto di più
Tutta la città canterà
I canti popolari di un tempo
Che non faccia più
E vieni a darmi un brivido
Per accogliere la folla
Cantando per le vie principali
Ascolta fuori tutto il male
Aprire il petto e piangere in pace
Che cosa è troppo bella
Ogni canto città
Come il carnevale storico

Paulo Cesar Pinheiro

Um medo gostoso, se ficar ruim...Faz parte. Beijo

Angélica Lins disse...

Querida Luciana, será um prazer pra mim, ter meu texto postado em seu blog. Afinal, escrevemos aqui para compartilhar com as pessoas o nosso sentir e fico lisonjeada que tenha gostado e que deseje passa-lo adiante.
Gostaria de elogiar o seu espaço aqui e dizer que já estou seguindo e compartilhando de sua tão intensa escrita.
Beijos e volte quando quiser.
Uma boa semana!

Related Posts with Thumbnails
 
© 2007 Template feito por Templates para Você