"Controle" do acesso ou do excesso?

Às vezes eu me assusto
Porque ainda enxergo a vida com tanta ingenuidade
Que se não forem as pessoas que me querem bem
Não vejo a maldade

Minha porta está aberta
Nunca tive o costume de trancá-la
Mas descobri que se eu não controlar o acesso
As pessoas entram sem pedir licença
E, quando me dou conta, meu espaço foi invadido

Não, não...

Agora minha porta ficará entreaberta
E terá um cadeado invisível aos olhos
Apenas sentido por mim
Que permitirá ou não a entrada

A entrada na minha história
A entrada na minha vida

Aprendi que isto se chama RESERVA
Área restrita
E que não tem nada a ver com egoísmo


2 ajudaram a juntar palavras:

EDUARDO POISL disse...

Há um tempo em que é preciso
abandonar as roupas usadas,
que já têm a forma do nosso corpo,
e esquecer os nossos caminhos,
que nos levam sempre aos mesmos lugares.
É o tempo da travessia:
e, se não ousarmos fazê-la,
teremos ficado, para sempre,
à margem de nós mesmos

Fernando Pessoa

Te desejo um lindo domingo com muito amor e carinho
Abraços

Rodrigo Brower disse...

Porte entreaberta é uma ótima opção, equilibrio é sempre a melhor escolha! Ótima semana! Bjs

Related Posts with Thumbnails
 
© 2007 Template feito por Templates para Você