Minha filhota Sascha


Eu iria escrever sobre outro tema, mas meu coração está doendo e através das minhas amigas chamadas palavras tento aliviá-lo e consigo algum conforto... Minha filhota Sascha está hoje muito mal e temo em perdê-la. Vejo-me egoísta, pois deveria ter escrito antes e muito mais vezes sobre o que vou dizer – amor pelos animais!

Quem nunca teve um animal de estimação ou mesmo as pessoas que já os tiveram, mas não construíram uma relação de afeto, talvez não me entendam.
Não tem diferença do amor entre pessoas no que diz respeito à intensidade do amor. Tem diferença quanto à capacidade de doação deste amor.
É o tal do amor incondicional que os animais têm e que as pessoas não têm.
Eles amam, fazem festa, independente de a gente estar de mau humor, sem paciência, com sono ou sem sono, com grana ou sem grana. Eles ensinam o que realmente é companheirismo e são mestres para ensinar a humildade.

A sensação de maternidade que eu pude vivenciar começou há quase 11 anos atrás. Foi quando eu vi minha filhota numa gaiolinha entre outros vários cães, esperando por alguém que pudesse resgatá-la daquele mundo limitado. E foi o que eu fiz!
Ela ganhou a liberdade e um lar. E todos nós ganhamos alegria, afeto e amor contagiantes!

Hoje, depois de correr com ela para o hospital e conseguir trazê-la de volta pra casa, vou passar a noite em claro, controlando a dosagem do soro, vigiando a respiração e rezando para que ela melhore. E se não houver melhora, pelo menos ela está sentindo que eu estou com ela, pronta para qualquer coisa, até mesmo para ajudá-la a partir...
É o mínimo que eu posso fazer depois de quase 11 anos da sua amizade, afeição, proteção, fidelidade e amor 24 horas por dia!

“As pessoas nascem para que possam aprender a amar. Os cães já nascem sabendo disto. Por isso vivem menos que as pessoas”.

11 ajudaram a juntar palavras:

bruxamarytsha disse...

Espero que fique tudo bem com ela, beijocas

Inspirações disse...

Estarei orando por vc e pela recuperação da Sasha...

Precisando, estarei presente, mesmo que virtualmente.

inspiracoes.matinais@blogspot.com

Olavo disse...

Espero que ela fique bem..
Vc disse td neste post..que amor incondicional eles nos dão..
e quando passamos a amar um ser desse..é gratificante demais..
adoro o meu..
beijão

Tatiana disse...

Imagino o que vc está sentindo.
Tenho grande amor pelos animais!
Desde criaça sempre tive cachorros.
Deus vai guiar e tudo ficará bem!
Um beijo com meu carinho

Leandro disse...

Lu,
O ciclo da vida é infinitamente mais curto que o cíclo do universo. O amor, a alegria e a saudade boa, aquela que não doi, vivem mais tempo que a própria vida, mais tempo que nós mesmos. Estarei torcendo para que as coisas aconteçam da maneira mais tranquila possível, sem dor física e com um mínimo de dor no coração.
Estou torcendo por vcs.
Com carinho
Leandro

Francisco Sobreira disse...

Luciana,
Apesar de não gostar de animais (embora aprecie algumas raças de cães), compreendo a dor que você está passando pela enfermidade de sua cadela, que, espero, tenha um pronto restabelecimento. Lendo a frase colocada no rodapé, me lembrei desta de um autor (não lembro quem): "Quanto mais conheço os homens, mais admiro os cães". Um beijo.

mfc disse...

Imagino bem o que sentes...
Tenho cá em casa a Micas com 14 anos, já ceguinha e sem ouvir, mas que continua a encher a casa de alegria!
Eles dão-nos sempre mais que tudo que lhes possamos dar!
São excepcionais.

Pelos caminhos da vida. disse...

Imagino o que vc esta sentindo,eu perdi a Amy(kalopsita),ela cantava alegrava a minha casa,mas nos deixou,ficou um gde vazio.
Estimo melhoras a Sascha.
Força,e muita fé amiga.

beijooo.

Luciana Horta disse...

Eiii amigos,

Trago boas palavras!!!

Minha filhota Sascha é uma vitoriosa e uma guerreira. Vencemos e ela está muito bem!

Obrigada a todos que torceram pela gente!

Um beijão da mamãe e uma lambida da filhota

APPedrosa disse...

Tomara que a Sascha se recupere. Eu tive um cachorro, o Duque, durante 13 anos, desde que éramos crianças, eu, minha irmã e ele. Brincamos muito, nos divertimos muito, até o dia em que ele se foi e deixou as duas arrasadas. Mas o bom é que as lembranças ficarão sempre conosco.
beijos

tossan disse...

Apenas um beijo e minha alegria. Beijo

Minha cura
É noite insone
meu ímpeto
é o silêncio.
Nada mais,
por isto escrevo!
*tossan

Related Posts with Thumbnails
 
© 2007 Template feito por Templates para Você